contos e crônicas

Um pouco do que penso, busco e vivo misturado àquilo que sonho e desejo. Aqui existe muita opinião sincera, estilhaços do meu coração. Mas não leve tudo tão ao pé da letra, por favor. Falo sério! Pois, às vezes, cedo este espaço aos meus personagens, àqueles que invento para fugir da mesmice. Afinal, escrever me permite ser de tudo um pouco, não é mesmo?
uma das muitas fotos de casais de mãos dadas

Nada me acalma tanto quanto a sua mão

Hoje passei o voo entre São Paulo e Florianópolis mergulhado em fragmentos da nossa história, fotos de nossos fatos. Você sabe o pavor que tenho

garotas gostam de gatos

Com meus gatos aprendi a amar sem encoleirar

“Gatos não ligam para o dono!” “Gatos não gostam de gente!” “Gatos são interesseiros!” Não é isso que afirmam aqueles que falam sem conhecê-los? Mas

cara delevingne mostrando cara de enlouquecer

Enlouquecer de vez em quando faz bem

“Alguns nunca enlouquecem. Que merda de vida eles devem levar”, afirmou Charles Bukowski. E me sinto obrigado a concordar. Enlouquecer de vez em quando faz

Você tem identidade?

Por muito tempo naveguei em busca de uma identidade. Igualzinho a você, sentindo-me turvo, perguntava “Quem sou eu?” ao meu reflexo sempre embaçado; que me

Sem ela a cama fica quilométrica

Antes de dormir, eu sempre preparo dois copos de vitamina C: um para mim e outro para a moça por quem sou apaixonado. Trata-se de

O poder dos pequenos e constantes passos

Hoje vou escrever sobre as pequenas atitudes e mudanças que vivemos a subestimar porque estamos cada dia mais imediatistas, querendo tudo “pra anteontem”, a passos